IRANI MARTINS
 "REFLEXÕES DE UM CORAÇÃO PENSANTE"
CapaCapa Meu Diário TextosTextos FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
26/08/2016 18h38
RENASCI

E o aroma do alho fritando no azeite, despertou meus sentidos que andavam adormecidos, viajando por profundezas dantes nunca visitadas por mim.

Andava mesmo à minha procura, caçando às escuras o que havia me escapado, num certo dia. Sei lá quando isso se deu. Um dia acordei, e não me vi por aqui.

Ficou uma carcaça indo e vindo, uma estranheza, que nem era tristeza.

Mas um desencanto, que me deixou assim, um tanto  vazia, das minhas poesias.

Mas benditos sejam os temperos da vida!

O alho! Despertou um dos sentidos...

E o chiado da carne caindo na gordura quente, acordou meus ouvidos que andavam surdos, e num misto de ouvir e cheirar, me senti a frigir em fogo quente um certo ato de amor.

O calor do fogo aquecia a panela e meus pensamentos começaram a aquecer meu coração, que se rendeu aos meus olhos que se perderam de amores ao que via da janela.

Renasci!

Irani Martins

26/08/2016


Publicado por Irani Martins em 26/08/2016 às 18h38
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
29/04/2016 12h57
Tá frio por aqui!

Friozinho por aqui. E úmido.

O tempo pede algo quente, e bom seria uma companhia para um filme na TV, uma boa prosa.

Qualquer mudança climática assim, nos pede um pouco de calor humano a mais, porque será, que condicionamos o frio a pessoas reunidas para um café, chá, ou uma refeição bem quente?

Tudo é motivo para irmos à busca ou trazer até nós uma boa companjia. Fomos feitos para viver a dois, ou a três, ou mais...

E eu, aqui, não sei me enrolar em cobertas nesse horário. Prefiro ler, ou ver um filme, ou escrever. Mas gostaria também de um dedo de prosa.

Afinal também gosto de viver a dois ou mais.

Mas ainda é sexta feira, e por hora, todos trabalham.

Quem sabe mais à noite, alguém me convida ou aceita  degustar comigo um caldo e um copo de vinho?

Depois...

É depois!

 

Irani Martins

 


Publicado por Irani Martins em 29/04/2016 às 12h57
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
28/04/2016 12h58
O ANIVERSÁRIO

Meu presnte de aniversário se resumiu em uma frase, dentre as mensagens recebidas, que dizia: "OBRIGADA POR TUDO", quando nada havia feito.

Ou era tão pouco o que fiz.

Se resumia em umnas poucas palavras em um momento carente.

 

 


Publicado por Irani Martins em 28/04/2016 às 12h58
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
26/04/2016 14h39
E a chuva chegou!

E a chuva chegou!

 E com ela um novo ânimo!

Gostoso ver uma nova paisagem, pois a chuva abençoada faz despontar rápido o verde do gramado, e os passarinhos, mais sábios que nós, cantam mais alto, numa alegria maior, comemorando o renascimento que trouxe a água derramada.

Não se importam de sair no chuvisco, molhando-se, movimentando daqui pra ali, vivendo o momento há tanto esperado, fazendo festa com o entusiamo vivido.

E tudo muda...

E recomeça!

Irani Martins

26/04/2016


Publicado por Irani Martins em 26/04/2016 às 14h39
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
25/04/2016 13h58
DOS VÁRIOS TIPOS DE AMOR.

Acordei, sem muita empolgação.

Dizem que existe o tal do inferno astral. Sei  lá se é verdade, mas devo estar no olho dele.

Acordei sem muito estímulo, demorei um tanto a sair de cama.

Mas o canto de um passarinho, diferente, me moveu, olhei pela janela, curiosa sobre um trinado diferente, buscando saber qual pássaro cantava,  mas me deparei com o colorido da paisagem.

Foi a forma que Deus encontrou de alegrar o meu dia, de chamar minha atenção para mais um de seus milagres.

As paineiras estão lindas, vestidas de flores rosadas, para viver seu outono.

E hoje, dizem, é o dia do amor, e há amores e amores. 

Há amor de pai, mãe, filho, amigo, irmão, amor por interesse, se é que isso é amor. Mas hoje é dia do Amor de verdade.

Dia do amor de Deus por mim.

Pois só ele, poderia me presentear com um buque florido dessa proporção, e me levar até à janela, movida pelo cantar de um passarinho.

Coisas de Deus.

Coisas do AMOR.

Irani Martins

25/04/2016


Publicado por Irani Martins em 25/04/2016 às 13h58
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 1 de 3 1 2 3 [próxima»]

"SOU O QUE VEJO"

Irani Martins